14 abril 2017

Uma verdadeira Sereia


E com a nova onda de estampas alternativas (sim! Nós alternativos podemos comemorar a bessa!), muitas “modas” foram lançadas pelo mercado urbano. E como tivemos muitas tendências e muitas tribos e subculturas aderindo a algumas dessas modas alternativas, muitos estilos ainda continuam firme e forte por ai. E uma dessas tendências que veio para não deixar ninguém de fora, foi justamente o Sereismo.

E se você acha que o Sereismo é apenas uma moda que veio em meados de 2016 para 2017, está enganado caro leitor. O sereismo é muito mais do que apenas uma moda de “verão”, é um estilo de vida que muitas garotas levam a sério. 

Mirella Ferraz no programa Caldeirão do Hulk

Mirella Ferraz
foi à primeira sereia profissional brasileira. Em uma matéria feita pelo site Capricho a própria Mirella explicou que “O sereísmo é um estilo de vida, um estado de espírito. Ser sereia não é um hobby, é uma atitude”. Mirella diz que sua paixão pelo sereismo começou quando ela tinha cinco anos de idade, com os 21 ela fez a sua primeira calda e aos 32, já formada em gestão ambiental, tornou-se a primeira sereia profissional brasileira.

Bruna Tavares e Camila Gomes

E não só a Mirella, temos também a Bruna Tavares, blogueira do Pausa para Feminices, e a Camila Gomes para tirar as devidas dúvidas para quem quer entender mais sobre o movimento. No blog Sereismo elas falam de tudo o que tem a ver com esse mundo: moda, estilo de vida, filmes, livros, séries, etc. Elas também afirmam que não gostam do “boom sereistico” que a mídia vem impondo sobre as pessoas. “Ser sereia é você pensar o quão fantástico é o planeta em que a gente vive. Enquanto estamos aqui, tem milhares de cachalotes gigantes nadando livremente. Você tem noção disso?!”, falou a jornalista Bruna Tavares.



Mesmo assim a “ditadura da moda” caiu com tudo em cima do tema e o que mais temos é lançamentos de roupas com muito brilho (no estilo “como uma onda do mar”) acessórios imitando conchas, muitas escamas, cores vivas e tons pastéis misturados, muitas caldas para se esquentar no frio, e até mesmo ensaios fotográficos para entrar no ritmo.






3 comentários:

  1. Sempre gostei e acreditei que sereias existem e fiquei muuuito feliz em descobrir o site Sereismo e a Mirella Ferraz! Inclusive, já acompanho o trabalho delas faz um tempinho!

    Amei o seu post, super explicativo <3

    Beijos
    Inverno de 1996

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre achei essa moda maravilhosa! Gosto principalmente dos cabelos coloridos e maquiagem. Mas também adoro ver essas roupas lindas e to doida por um biquini com uma estampa desse estilo.


    Relíquias da Lara

    ResponderExcluir
  3. Falar sobre sereias sempre me encantou mas não via assim como um estilo de vida mas fiquei curiosa em pesquisar mais sobre isso.
    Agenda Aleatória

    ResponderExcluir